Março

Pacheco se engaja em mais uma luta: Central de Transplantes de Órgãos da Uopeccan

A projeção de investimentos para a execução da obra é de R$ 12 milhões

No dia 15 de fevereiro passado, a diretoria da Uopeccan (União Oeste Paranaense de Estudos e Combate ao Câncer) convidou o deputado Marcio Pacheco (PDT) para apresentar a importância e a necessidade de construção de uma Central de Transplantes de Órgãos na unidade em Cascavel. O novo serviço tem o objetivo de melhorar o atendimento aos pacientes que necessitam de transplante de fígado, medula, rim e pâncreas.

Pacheco se sensibilizou e abraçou mais essa luta que visa salvar vidas e atender as pessoas, em especial aquelas que mais precisam. Desde então, o deputado vem convidando os demais líderes políticos da região para se engajar na luta, buscando, ao mesmo tempo, a integração política regional e assim, unir esforços em favor de demandas importantes, como é a construção da Central de Transplantes de Órgãos.

Nesse contexto, os diretores da Uopeccan se reuniram na manhã de hoje (22) com o suplente de senador Vilson Basso (REDE) e os deputados estaduais Marcio Pacheco e Coronel Lee (PSL), para explanar novamente o projeto, que também já tem o apoio do deputado federal Evandro Roman (PSD) e do deputado estadual Marcel  Micheletto (PR).

Por conta de compromissos, os dois parlamentares não puderam participar do encontro de hoje (22). Os convidados foram recepcionados pelo presidente da Uopeccan, Nestor Furlan, o ex-presidente da Instituição, Ciro Kreuz e o diretor administrativo, Luciano Maldonado.

Durante a reunião, Maldonado apresentou o projeto de ampliação da estrutura de Cascavel onde será criada a Central de Transplantes em quatro modalidades: fígado, pâncreas, rim e medula óssea. O projeto já está em andamento e terá um espaço de aproximadamente 2.400m².

O prédio permitirá a ampliação do número de atendimentos do Hospital. Terão disponíveis: consultórios, leitos e áreas assistenciais. Para Pacheco, a construção da Central de Transplante de órgãos será um grande avanço e irá exigir a soma de esforços da classe política e da comunidade em geral em favor do projeto.

“União de forças tem de ser a palavra de ordem. Sempre lutei para que pudéssemos promover uma integração das lideranças políticas de nossa região. Para minha alegria e para o bem de toda a região, parece, enfim, haver agora uma possibilidade real disso acontecer, o que é de fundamental importância para sermos mais fortes em prol das demandas da nossa cidade e de toda a nossa região oeste do Paraná”, enfatiza Pacheco.

De acordo com ele, a Central de Transplantes de Órgãos será um grande avanço. “Trata-se de um projeto para salvar a vida das pessoas. É uma demanda que caracteriza tipicamente a necessidade da integração dessas lideranças políticas e da comunidade em geral. A união de esforços será importante diante do alto investimento para a efetivação dessa obra”.

O presidente da Uopeccan, Leopoldo Nestor Furlan, endossou as palavras do deputado. “Cada um, desenvolvendo a sua atividade, podemos somar forças e chegar no nosso objetivo”. A primeira fase do projeto, que diz respeito a construção civil, seria um investimento entre 5 a 8 milhões de reais.

O próximo passo é levar o projeto para o conhecimento dos Governos Federal e Estadual a fim de alocação de recursos financeiros e também a apresentação de emendas parlamentares ou de bancadas.

Atualmente, a instituição, incluindo a unidade de Umuarama, atende diariamente 1.300 pessoas.

 

Comente com o Facebook