Notícias

Em sessão especial e histórica, CCJ aprova 7 projetos sobre autismo, sendo 3 de Pacheco

Em sessão histórica realizada na tarde de ontem (02), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Paraná aprovou sete projetos de lei, todos voltados à causa do autismo. A sessão especial ocorreu em destaque ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Das setes propostas aprovadas, três são de autoria do deputado Marcio Pacheco (PDT), um dos parlamentares engajados na luta em favor das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

“Entrei nessa luta para defender os direitos das pessoas autistas e de suas famílias. Com a aprovação desses projetos, hoje (ontem – 02) demos mais um grande passo em favor da melhoria do atendimento dessas pessoas aqui no Paraná”, afirma Pacheco.

A primeira proposta aprovada na CCJ concede a isenção de tarifa no transporte coletivo intermunicipal para o autista e seu acompanhante. A segunda, assinada em parceria com o deputado Evandro Araújo (PSC), institui a Semana Estadual da Conscientização sobre o TEA. A terceira, assinada em parceria com o deputado Delegado Francischini (PSL), dispõe sobre a obrigatoriedade de realização de sessão de cinema adaptada para crianças e adolescentes com TEA ou portadores de síndrome de down e suas famílias.

Além dessas três matérias, a CCJ aprovou o Projeto de Lei 40/2016, de autoria do deputado Professor Lemos (PT) que dispõe sobre a criação e implantação de Centros Avançados de Estudo e Capacitação de Educadores da rede pública no Estado e o Projeto de Lei 03/2019, de autoria do Subtenente Everton (PSL), que dispõe sobre a obrigatoriedade de inserção do símbolo mundial da conscientização do TEA nas placas de atendimento prioritário.

Os integrantes da CCJ ainda aprovaram o Projeto de Lei 137/2019, de autoria do deputado Delegado Jacovós (PR), que obriga a inserir o símbolo mundial da conscientização do TEA nas placas de atendimento prioritário em estabelecimentos públicos e privados e o Projeto de Lei 48/2019, de autoria do deputado Anibelli Neto (PMDB), que dispõe sobre a inserção do símbolo mundial de conscientização do TEA nas vagas de estacionamento preferenciais reservados aos portadores de deficiência.

A sessão temática de ontem (02) foi considerada inéditas entre os Legislativos Estaduais do País, uma vez que a CCJ concentrou projetos voltados ao autismo. Os deputados fizeram uma espécie de mutirão para reunir propostas relacionadas ao assunto. Vice-presidente da CCJ, Pacheco fez um elogio a presidência e aos demais membros da Comissão.

“Conseguimos destravar a pauta e votamos importantes projetos voltados para causa autista”, diz. O presidente da CCJ, deputado Delegado Francischini, também falou da importância da sessão especial. “Entendo a relevância que uma Comissão de Constituição e Justiça tem de analisar esses projetos meritórios, que muitas vezes ficam em meio a outros e acabam demorando muito para serem votados. As famílias, essas crianças e adolescentes, precisam da aprovação desses projetos para melhorar seus tratamentos e a qualidade de vida”, justificou Francischini.

Comente com o Facebook